fbpx
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on linkedin

O ensino da felicidade e a educação emocional na Escola Ethos

Vivemos buscando a felicidade. Enxergamos felicidade no nosso passado, em momentos bons que já vivemos com pessoas que amamos; ou no futuro, quando atingirmos nosso objetivo no trabalho, ou realizarmos aquela viagem dos sonhos. Mas você sabia que estar feliz agora, no presente, é algo que pode ser ensinado? É partindo desse princípio que nós, da Escola Ethos, ensinamos aos nossos alunos, desde cedo, o que é ser feliz.

Como se ensina a felicidade?

Segundo Tal Ben Shahar, psicólogo, PhD em comportamento organizacional por Harvard e escritor de cinco livros sobre a ciência da felicidade, embora exista algum componente genético para nossa felicidade, mais da metade dela depende das escolhas que fazemos. A felicidade não é algo material, nem tem a ver com o sucesso. O que precisa estar claro para a criança é que o que traz felicidade duradoura são relacionamentos, experiências e significados, itens que uma escola facilmente pode proporcionar.

Entretanto, a felicidade não é ensinada por meio de exercícios ou ensinamentos. Ela é uma experiência, uma vivência. Muitas vezes o caminho percorrido para alcançar um objetivo deixa a criança mais feliz do que seu resultado. O esforço e a sensação de transformar a dificuldade em desafio já é uma experiência inesquecível, e a sua solução será apenas a consequência.

A felicidade e a educação emocional

A educação emocional está relacionada com a felicidade, pois reconhecer e aceitar todos os sentimentos faz parte dessa experiência. Para sermos felizes, precisamos aceitar também a infelicidade.
Ao rejeitarmos emoções dolorosas, como tristeza, ansiedade ou raiva, elas se intensificam. Precisamos compreender e encontrar ferramentas emocionais que nos façam ativar o nosso modo “inteligente” de viver as emoções. As frustrações da infância são excelentes oportunidades para reconhecimento das nossas fraquezas e compreensão do que sentimos. Experiências difíceis e desafios cultivam a resiliência, por isso a escola é essencial para uma infância saudável.

Além de Tal Ben Shahar, na Ethos, utilizamos mais dois especialistas para nos ajudar no ensino da felicidade às nossas crianças:

  • Carol Dweck, psicóloga americana e professora de Stanford;
  • Shawn Achor, autor e palestrante americano conhecido pela sua experiência com a psicologia positiva e por livros como “O Jeito Harvard de ser Feliz”.

A educação emocional na quarentena

A educação emocional e o ensino da felicidade são questões essenciais a serem trabalhadas após a pandemia.

Um longo período sem a escola priva os alunos de uma das maiores riquezas da infância: a socialização. Além disso, durante o isolamento social, os pais tendem a aceitar mais as vontades das crianças dentro de casa, o que gera uma zona de conforto com menos frustrações. Nesse cenário, as escolas têm pela frente um momento desafiador instigante, e bastante propício para colocar em prática nossos estudos e estratégias para ensinar a felicidade.

Quer saber mais sobre como trabalhamos a educação das nossas crianças? Leia nosso texto “Metodologia Positiva Ethos – O que é e como aplicamos” e nos siga em nossas redes sociais.

Inscreva-se na nossa newsletter e receba todas as novidades.

Publicações recentes

Nada melhor do que um bom planejamento para organizar as atividades do dia a dia. Acompanhe a rotina acadêmica dos seus filhos clicando aqui!

Fale conosco!

    Escola Ethos

    Av. T-3, Quadra 171A, Lote 2E
    1816 – St. Bueno, Goiânia – GO,
    74215-095, Brasil

    © 2021 Todos os direitos reservados ESCOLA ETHOS LTDA.
    CNPJ: 05.328.346/0001-37